Conheça as músicas que mudaram a vida de Amy Lee

Em entrevista à revista britânica Kerrang!, Amy Lee revela as músicas que mudaram sua vida.

AmyLeeKerrangAgosto15

A primeira música que me lembro de ouvir é…
Goodnight My Love – Paul Anka
“Uma das primeiras músicas que ouvi era uma que meus pais cantavam pra mim e eu nem sei quem canta, mas se chama Goodnight My Love! ‘Goodnight my love, pleasant dreams and sleep tight my love, may tomorrow be sunny and bright’. Eu amo essa música. Meus pais cantavam pra eu dormir quando eu era bebê, então essa deve ser uma das primeiras músicas que ouvi na vida”.

A primeira músicas que aprendi a tocar foi…
Heart and Soul – Larry Clinton
“Heart and Soul, como provavelmente as 500 milhões de pessoas que assistiram ao filme Quero Ser Grande, de 1988. Quando eu tinha seis anos, esse era meu filme favorito. Tem uma cena em que entram na FAO Schwarz [loja de brinquedos] e tem um grande teclado no chão – um tapete – e Tom Hanks e seu chefe tocam Heart and Soul. Eu vi essa cena e todo Natal, durante seis anos, a primeira coisa que eu pedia era um grande teclado que você podia tocar com os pés. Isso foi antes da internet, e meu pai saia em missões para tentar achar algo parecido todo ano e sempre falhava. Essa foi a primeira música que toquei com minhas mãos – não com meus pés!”

A música mais triste que ouvi é…
Over the Rainbow – Judy Garland
“Pra mim é difícil pensar em uma música que é triste, […] mas se existe uma que me faz chorar, vou dizer Over the Rainbow. Não sei do que ela fala, mas toda vez que a escuto, meus olhos lacrimejam e me traz muitas emoções! Ela foi tocada no meu casamento com um ukulele e lembro que foi um momento muito bonito. Toda vez que a escuto, fico chorosa!”

A música que me apaixonei foi…
Somewhere Only We Know – Keane
“São poucas, mas especificamente seria do Keane, do álbum Hopes and Fears, e a música Somewhere Only We Know. Quando comecei a namorar o [marido] Josh, ele estava em Nova York e eu em LA e estávamos sentindo muita falta um do outro, então perguntei a ele, “Qual álbum eu deveria escutar para te conhecer melhor?”, e ele disse esse álbum. Eu ouvia o tempo todo e essa se tornou a música que eu ia escutar e sonhar com o Josh”.

A melhor música já escrita é…
Man in the Mirror – Michael Jackson
“Não dá. Desculpe-me. Eu tentei, mas não dá. É uma pegadinha! Não existe a melhor música de todas. Não existe. Você sabe por quê! Vou te dizer, porque seu coração é grande demais pra isso. É necessário muitas músicas para preencher todos os espaços do seu coração. Eu amo Michael Jackson, mas essa é uma escolha estranha. Que tal Man in the Mirror – totalmente brega, mas eu ainda gosto dela! Minha verdadeira resposta é que não existe, mas vou escolher Man in the Mirror porque, 35 anos mais tarde, ela ainda me faz sentir bem!

Obrigado, EvFãs, pela imagem da entrevista.

Comentários no Facebook
1884 visualizações no total 1 visualizações hoje