MATERIAL EXCLUSIVO: ENTREVISTA COM AMY LEE (2012)

Deusa do Rock, ícone de uma moda própria e alternativa, musicista talentosa e dona de um senso de humor único – Todas essas palavras conseguem descrever um pouco sobre uma pessoa especial – Porém, para nós, fãs, nada a define melhor do que “inspiração”. É com muita honra e prazer que o Amy Lee Brasil tem a alegria de compartilhar nossa primeira entrevista exclusiva com Amy Lee! Abaixo, Amy nos fala um pouco sobre o antigo título de MIHB, sobre o que acharia de atuar em um filme, sobre o que aconteceu com as roupas que usou nas turnês passadas, músicas, lançamento de “Your Love” e bandas que mais anda escutando atualmente e, claro, mandou uma mensagem para os fãs brasileiros, uma vez que o Evanescence está prestes a pisar em nosso solo mais uma vez para uma turnê de cinco shows: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e Fortaleza. Nós, da equipe do ALBR, queremos agradecer à manager Christina e especialmente à própria Amy por ter sido tão doce e simpática ao reservar um tempo para falar conosco.

CONTEÚDO EXCLUSIVO AMY LEE BRASIL
NÃO REPRODUZIR SEM OS CRÉDITOS!

Português/Portuguese

ALBR: Antes de tudo, nós queremos te agradecer por essa entrevista. Significa muito para nós!

AMY: Sem problemas! Mal posso esperar para vê-los de novo

ALBR: No chat do Spotify, você disse que o título provisório de “My Heart is Broken” era ‘Metalocalarp’. Você pode falar mais um pouco sobre isso?

AMY: Eu, Tim e Terry escrevemos a música juntos na minha casa em Nova York. Tim programou uma batida simples de bateria no computador e colocou para repetir, e eu comecei a dedilhar aquela parte do piano na harpa, e depois Terry veio com a guitarra. Nós a amamos logo de cara e quando nos juntamos com o resto da banda, essa música realmente tomou vida. Quase sempre temos nomes temporários idiotas para as músicas antes de escrevermos a letra e nomeá-la de verdade. Metalocalypse+harp = Metalocalarp.

ALBR: Qual conselho você daria para uma pessoa que está passando por tempos difíceis?

AMY: Depende do quê você está passando, claro. Somos complexos – mas eu acho que essa necessidade emocional é universal: precisamos nos sentir compreendidos. Precisamos sentir como se não fossemos os únicos que já sentiram a dor que estamos sentindo. Eu geralmente encontro essa conexão por meio da música, ela tem o poder de expressar mais do que as palavras podem dizer. Mas precisamos uns dos outros, no final das contas. Compartilhe seu coração, não o bloqueie.

ALBR: Eu preciso te agradecer por me apresentar ao mais recente álbum do Massive Attack, Heligoland. Qual sua música preferida desse CD? Minhas favoritas são “Pray for Rain”, “Paradise Circus”, “Girl I Love You” e “Atlas Air”.

AMY: Eu tenho um amor especial por “Paradise Circus”. Eu estava escutando-a ontem mesmo – sério, uma das minhas músicas favoritas, ela possui um sentimento triste e lindo.

ALBR: Por curiosidade, você já escutou o novo álbum da Björk, Biophilia? Você gostou?

AMY: Sim, é bem incomum (como sempre!). Minha música preferida é “Crystaline”.

ALBR: Se você fosse chamada para atuar em um papel num filme, você aceitaria?

AMY: Para o papel certo no filme certo, absolutamente! Eu adoraria fazer parte de algo realmente criativo e único.

ALBR: Qual era seu personagem favorito da série de TV LOST, e por quê?

AMY: Ohh, essa é BOA! Sawyer!!!! Porque debaixo do cowboy durão, ele é sensível e tem um bom coração.

ALBR: Todos sabemos que você é uma grande fã de Adventure Time e parece que você quer participar do programa; se eles te convidassem, seria como um sonho se tornando realidade?

AMY: Sim, seria absolutamente um sonho se tornando realidade- Eu tentei conseguir uma vaga como convidada em meus desenhos favoritos durante anos e nunca consegui! (Space Ghost, Metalocalypse, Aqua Teen…). Eu sei que eu poderia conseguir!

ALBR: O que você anda ouvindo atualmente? Alguma banda ou álbum favorito?

AMY: Desde que começamos a fazer a turnê com o Halestorm, eu me tornei fã. Eu gosto muito do novo álbum deles e cantar “Break In” com a Lzzy tem sido realmente maravilhoso (porque, agora, essa é a minha música favorita!).

ALBR: O que aconteceu com aquelas músicas gravadas com Steve Lillywhite? Você vai voltar ao estúdio para terminá-las e talvez lançá-las como um trabalho solo ou algo do tipo? Sabemos que algumas delas foram retrabalhadas e que estão no novo álbum, autointitulado, e que são curiosas.

AMY: Legalmente, não podemos usar nada que gravamos naquela sessão com o Steve. As músicas são nossas, então podemos regravá-las quando estivermos prontos. Algumas delas são muito especiais e eu adoraria refazê-las algum dia. Não tenho um plano ainda, vamos tomar algum tempo para nos juntarmos depois dessa turnê.

ALBR: Aquela fase eletrônica/trip-hop pela qual você passou há alguns anos se foi?

AMY: De jeito nenhum.

ALBR: Há uns 3 anos, você tocou “Your Love” no Legends & Lyrics, e eles estão passando por alguns problemas financeiros, e talvez nunca ouviremos a versão ao vivo dessa música nova, você tem algum plano para lançá-la algum dia? Ou colocá-la no próximo álbum?

AMY: Bom, já que o L&L possui a gravação, eles controlam o que acontece com ela. Espero que eles postem no YouTube ou algo assim, foi muito legal.

ALBR: Em abril, você cantou junto com Paula Cole e Ashley Arrison na Restore Freedom Gala, e muitos fãs disseram que vocês fizeram um ótimo trabalho e que deveriam gravar essas músicas no estúdio. O que acha sobre isso? Que tal lançar um EP com elas para arrecadar fundos?

AMY: Estou totalmente aberta para algo assim. Eu amo cantar com outras mulheres, eu sinto falta dos coros e da harmonização do amor. Além disso, é legar ser capaz de trabalhar com seus amigos! Às vezes, é uma coisa muito bonita quando algo especial acontece apenas uma vez, ao vivo.

ALBR: Meu amigo chileno Javier me pediu para perguntar para você: Em uma entrevista recente, você disse que os fãs sul-americanos são os mais fortes, então nesta turnê sul-americana, você acha que a banda terá mais confiança e influência na mídia? E você se lembra dos fãs chilenos ao longo da sua última visita ao país?

AMY: Os fãs sul-americanos são os nossos mais barulhentos, com certeza! Sua paixão pela música é inspiradora! É algo especial fazer shows aí porque a responsabilidade é tão grande. Tudo que queremos ver é o público surtar, como acontece no Brasil, Argentina, Chile, etc. Neste momento na música, especialmente no rock, quando se trata do mainstream, eu não tenho confiança. Acho que não se trata mais do que é popular, se trata do que alguns empresários pensam o que você comprará depois. Não estou interessada em mudar para ser aceita, eu já tenho vocês. Vamos arrebentar!

ALBR: O que mais te anima ao vir a América do Sul? Especialmente ao Brasil.

AMY: Os shows, é claro. E, desta vez, teremos alguns dias de folga entre os shows, onde eu acho que teremos a chance de explorar e curtir o país. Vou tentar fazer disso meio turnê, meio férias!

ALBR: Em uma entrevista recente, você disse que estava planejando fazer cover de uma música do Michael Jackson, você fará isso em sua próxima turnê (na América do Sul)?

AMY: Não, mas temos uma coisa especial planejada que vocês vão gostar mais ainda. Algo que vocês jamais ouviram.

ALBR: Você ainda tem suas roupas de palco das turnês do Fallen e The Open Door? Se sim, o que você fez com elas e você vai usá-las algum dia?

AMY: Tenho algumas, eu guardo as especiais. Eu ainda uso algumas delas também! Acho que seria bem legal leiloar algumas peças para caridade.

ALBR: Muito obrigado pela entrevista. Agora, envie uma mensagem para seus fãs brasileiros/sul-americanos. Mal podemos esperar para ver você e os meninos em nosso país.

AMY: Eu não posso agradecer o suficiente pelo apoio de vocês ao longo dos anos, vocês me surpreendem. Estamos muito animados com a turnê- não tem jeito melhor de terminar o ano do que com os nossos amigos na América do Sul!! Amamos vocês.

Entrevista realizada em setembro de 2012.

Inglês/English

1. First of all, we want to thank you for this interview. It means a lot to us.

No problem! Can’t wait to see you guys again.

2. In the Spotify chat, you said the working title for “My Heart is Broken” was ‘Metalocalarp’. Can you tell us more about it?

Tim, Terry and I wrote the song together at my house in NY. Tim programmed a simple drum beat on the computer and looped it, and I started jamming that piano riff on the harp, and then Terry came in w the guitar. We loved it right away, and once we got together with the rest of the band, it really came to life. We almost always have stupid temporary names for songs before we get the lyrics written and name it for real. Metalocalypse+harp= Metalocalarp

3. What advice would you give for a person who’s going through hard times?

It depends what you’re going through, of course. We are complex- but I think this one emotional need is universal: we need to feel understood. We need to feel like we’re not the only one who has ever felt the pain we are feeling. I often find that connection through music. It has the power to express more than words can say. But we need eachother, in the end. Share your heart, don’t lock it away.

4. I need to thank you for introducing me to Massive Attack’s last record, Heligoland. What’s your favorite song of it? My favorite ones are “Pray for Rain”, “Paradise Circus”, “Girl I Love You” and “Atlas Air.”

I have a special love for “Paradise Circus”. I was just listening to it yesterday- seriously one of my favorite songs, it has such a sad and beautiful feeling.

5. Out of curiosity, have you already listened to Björk’s new album, Biophilia? Did you like it?

Yes, it’s very unusual (as always!) my favorite song is “Crystaline.”

6. If you were called to play a role in a movie, would you accept it?

For the right part in the right movie, absolutely! I’d love to be a part of something really creative and unique.

7. Who was your favorite character from the LOST television series and why?

Ooh, GOOD one! Sawyer!!!! Because underneath the tough cowboy outlaw, he’s sensitive and has a good heart.

8. We all know you’re a huge Adventure Time fan and it seems you want to be part of it; if they ask you, would it be a dream come true?

Yes, it would absolutely be a dream come true- I’ve been trying to get a guest spot on my favorite cartoons for years and never succeeded! (Space Ghost, Metalocalypse, Aqua Teen..) I know I could nail it!

9. What are you listening to at the moment? Any favorite bands or albums?

Since touring with Halestorm I’ve become a fan. I really like their new album and singing “Break In” with Lzzy has been really awesome (because right now it is my favorite song!)

10. What happened to those songs recorded during the Lillywhite sessions? Are you gonna back to the studio to finish them and maybe release them as a solo work or something? We know some of them were reworked and are on the new self-titled record and are curious.

We can’t legally use anything we recorded in that session with Steve. The songs are ours so we can rerecord whatever when we are ready. Some of them are really special and I would love to redo them someday. I don’t have a plan yet, we’re going to take some time to regroup after this tour.

11. Is that electronic/trip-hop vibe you went through a few years ago is gone?

No way.

12. About 3 years ago, you performed “Your Love” at Legends & Lyrics and they’re going through some financial problems and maybe we’ll never get the live version of this new song, any plans to release it someday? Or put it into the next release?

Well, since L&L owns the recording, they control what happens with it. I hope if nothing else they just upload it to YouTube or something, it was really cool.

13. In April, you sang along with Paula Cole and Ashley Arrison at Restore Freedom Gala, and many fans were saying you guys did a great job and should record those songs in the studio. What do you think about that? What about releasing an EP with them for fundraising?

I’m totally open to something like that. I love singing with other women, I miss choir and love harmonizing. Also its just cool to be able to work with your friends! Sometimes though, it’s a really beautiful thing when something special happens just once, just live.

14. My Chilean friend Javier asked me to ask it to you: In a recent interview, you said the South American fans are the strongest ones, so in this South American tour, do you think the band will have more confidence and influence on media? And do you remember of the Chileans fans along your last visit to the country?

South American fans are our most vocal for sure! Your passion for music is inspiring! It’s a special treat to play concerts down there because the response is so strong. All we ever want to see is a crowd freak out the way they do in Brazil, Argentina, Chile etc. In this time in music, rock music especially, when it comes to mainstream media I don’t have much confidence. It doesn’t seem like it’s really about what’s actually popular anymore, it’s all about what some businessman thinks you will buy next. I’m not interested in changing myself to be accepted, I already have you guys. Let’s rock!

15. What excites you the most about coming to South America? Especially Brazil.

The shows, of course. And this time we have some free days in between shows where I think we will really get a chance to explore and enjoy it. I’m gonna try to make it part tour, part vacation!

16. In a recent interview, you said you were planning to cover a Michael Jackson song, are you going to do this on your next tour (in South America)?

No, but we have something special planned that you will like even better. Something you haven’t heard.

17. Do you still have your stage outfits from the Fallen and Open Door tours? If so, what have you done with them and will you ever wear them again?

Some of them. I keep the special things. I still use some of that stuff too! I think some pieces would be really cool to auction off for charity.

18. Thank you so much for this interview. Now send a message to your brazilian/south american fans. We can’t wait to see you and the guys in our country.

I can’t thank you enough for your support over the years, you amaze me. We are all excited about the tour- there is no way I’d rather end this year than with our friends in South America!! We love you!

Comentários no Facebook
2295 visualizações no total 1 visualizações hoje