Mídia nacional e internacional comenta sobre o retorno de Amy Lee

Depois de ter lançado seu novo site oficial juntamente com a música “It’s a Fire”, cover do Portishead, os sites e portais de notícias nacionais e internacionais repercutiram as novidades sobre Amy Lee. Abaixo, confiram tudo o que saiu.

Vagalume (BR)

Amy Lee está de volta ao mundo da música. A líder do Evanescence liberou um clipe do cover que fez da canção “It’s a fire”, da banda britânica Portishead.

O vídeo, em preto e branco, mostra a cantora entoando os versos da canção em um estúdio. Além de presentear os fãs com o cover, a americana ainda divulgou o seu site oficial.

“Essa música (e todas as do disco ‘Dummy’, na verdade) foi uma grande inspiração para mim nos meus anos de formação. Escutei essa canção recentemente pela primeira vez depois de muito tempo e me apaixonei de novo. A letra é tão poderosa, me ajudou a passar por tanta coisa. É uma honra fazer essa pequena homenagem a um grupo que eu amei tanto por muito tempo”, escreveu a artista na rede social.

Portal RockLine (BR)

Faltando poucos dias para o retorno do Evanescence aos palcos, Amy Lee surpreendeu os fãs na noite desta terça-feira (27) ao publicar um vídeo no Youtube. A cantora faz um cover de “It’s A Fire”, do Portishead. O Evanescence tem shows agendados nos Estados Unidos e Japão neste mês de novembro e segundo rumores já fecha datas para apresentações no Brasil em 2016.

Loudwire (EUA)

Amy Lee, do Evanescence, continua a cravar seu próprio caminho musicalmente. Depois de lançar o álbum auto-intitulado do Evanescence em 2011, Lee tirou um tempinho para começar uma família, e então retornou à música sem sua banda, trabalhando em trilhas sonoras de filmes. Embora a banda esteja se reunindo novamente para tocar em algumas datas em breve e para presumidamente trabalhar em um próximo CD, Lee continua a mostrar que existe mais música em si mesma do que as pessoas conhecem do Evanescence. Sua mais recente oferta mostra a vocalista entregando uma performance íntima da música “It’s a Fire”, da banda Portishead.

“Essa canção (e todo o álbum ‘Dummy’, na verdade) foi uma grande inspiração para mim em meus anos de formação”, disse Lee em uma postagem no Facebook. “Eu escutei essa música recentemente pela primeira vez depois de muito tempo, e me apaixonei por ela mais uma vez. A letra é muito poderosa, e me ajudou bastante. É uma honra para mim fazer essa homenagem caseira ao grupo que eu amei tanto durante tanto tempo.”

Para quem não sabe, o Portishead nasceu no começo dos anos 90 e era frequentemente considerada dentro do gênero trip-hop. Eles ganharam aclamação da crítica pelo CD de 1994, “Dummy”. Embora não seja um single do álbum, “It’s a Fire” recebeu atenção dos fãs por causa do vocal emocionalmente rico e poderoso de Beth Gibbons, que foi colocado sobre uma batida firme que manteve a música de forma orgânica. Dá para ouvir a versão original clicando aqui.

Em relação à Lee, seus vocais poderosíssimos são escalados de volta, embora exista muita força e alma em como ela entrega a canção, bem parecido com o que Gibbons fez com o Portishead. Na versão de Lee, as batidas de trip-hop se foram, mas ainda tem um instrumental de cordas adicionado ao que essencialmente é uma balada ao piano. É uma bela música que Lee faz mais do que justiça, e que provavelmente apenas alimenta o fogo entre os fãs do Evanescence que esperam ansiosos o eventual retorno musical da banda. O cover é o primeiro vídeo que foi colocado no novo canal de Lee no Youtube, que pode ser encontrado clicando aqui.

Como dito, o Evanescence tem algumas datas em breve. Eles farão show no Nashville’s Marathon Music Works no dia 13 de novembro, no Dallas’ South Side Ballroom no dia 15 de novembro, e no Los Angeles’ Wiltern no dia 17 de novembro, pouco antes de irem ao Japão para o Ozzfest, no dia 22 de novembro.

Diário de Pernambuco (BR)

Amy Lee rompeu o hiato de um ano nesta terça-feira, 27, com o lançamento do vídeo de It’s a fire. Divulgado pela própria cantora nas redes sociais, o cover da banda inglesa Portishead inaugura um novo canal da artista norte-americana e sinaliza a possibilidade da chegada de material inédito.

“Essa canção foi uma grande inspiração para mim nos meus anos de formação. Escutei a faixa de novo recentemente, depois de muito tempo, e me apaixonei por ela de novo”, escreveu a intérprete no Facebook. It’s a fire faz parte de Dummy, álbum de estreia do Portishead que, em 1994, foi um dos principais responsáveis pela popularidade do gênero conhecido como trip hop.

“A letra é muito poderosa, me ajudou a enfrentar tanta coisa. É uma honra poder fazer essa homenagem caseira a um grupo que eu amo há tanto tempo”, confessou Amy Lee.

89 FM - A Rádio Rock (BR)

A vocalista do Evanescence, Amy Lee, surpreendeu os fãs ao publicar um vídeo em seu perfil oficial do Youtube na noite desta terça (27).

A cantora apresentou uma releitura da canção “It’s A Fire”, do Portishead.

O videoclipe dessa novidade chegou em preto e branco com imagens de Amy soltando a voz em um estúdio de gravação.

Isso ocorre às vésperas do retorno do Evanescence aos palcos, já que a banda tem shows agendados nos Estados Unidos e Japão neste mês de novembro.

Mais

O POVO

Prestes a retornar aos palcos com o Evanescence, Amy Lee lançou o primeiro vídeo de sua carreira solo nesta terça-feira, 27. A música é um cover de “It’s A Fire”, do grupo Portishead. O vídeo marca um novo passo na carreira de Amy, que deixou a gravadora Wind-Up Records em março de 2014 para se tornar uma artista independente.
“It’s A Fire” foi publicado em seu site oficial (www.amyleeofficial.com) após um relógio em contagem regressiva anunciar que uma surpresa estaria chegando para os fãs da compositora.
“Esta canção (e o álbum ‘Dummy’ completo) foi uma grande inspiração durante minha formação”, disse em anúncio nas redes sociais. “Escutei a canção recentemente após muito tempo e me paixonei novamente por ela. As letras são tão poderosas, elas me ajudaram muito. É uma honra prestar esta pequena homenagem a um grupo que amei tanto”, completa.
A canção conta ainda com a participação do norte-americano Dave Eggar, que produziu a trilha sonora do filme indie “War Story” (2014) juntamente com Lee.
A cantora ainda tem postado fotos nas redes sociais do que seria a gravação de um vídeo clipe para a música tema do filme “Voice fom the Stone”, produção que tem Emilia Clarke (Game of Thrones) no elenco.

Nação da Música (BR)

A líder do Evanescence, Amy Lee, publicou nesta quarta-feira (28) no Youtube um cover da música “It’s A Fire” da banda inglesa Portishead.

Enquanto sua banda está em hiato, a vocalista Amy Lee surpreendeu os fãs publicando o novo cover. “It’s A Fire” está presente no álbum “Dummy”, lançado em 1994 pelo Portishead.

Esta música (e todo o Dummy, na verdade) foi uma grande inspiração pra mim em meus primeiros anos. Eu ouvi essa música recentemente pela primeira vez em muito tempo e me apaixonei por ela novamente. A letra é tão poderosa, ela me ajudou em muita coisa. É uma honra fazer essa homenagem caseira a um grupo que eu amo há tanto tempo.” disse a cantora ao divulgar o vídeo em suas redes sociais.

O Evanescence não sobe aos palcos há algum tempo, mas a banda já tem um show no festival Ozzfest no Japão programado para 21 de novembro.

Music Feeds (Austrália)

Amy Lee, a vocalista da banda-prestes-a-sair-do-hiatus Evanescence, lançou um cover do clássico do Portishead, “It’s a Fire”, e na verdade é algo muito bonito.

O cover de Lee para “It’s a Fire” mostra a vocalista em seus vocais habilidosos sobre camadas de piano e cordas, antes de subir para as linhas mais expressivas da canção.

Desde o lançamento do cover de “It’s a Fire”, Lee usou seu Facebook para dizer que a canção foi “uma grande inspiração” durante seus anos de formação.

“Eu escutei a música recentemente pela primeira vez depois de muito tempo, e me apaixonei por ela novamente”, Lee diz.

A letra é tão poderosa, ela me ajudou em muita coisa. É uma honra fazer essa homenagem caseira a um grupo que eu amo há tanto tempo.”

Lee recentemente lançou seu próprio canal no Youtube enquanto o Evanescence prepara o fim do hiato de três anos com três shows pela frente nos EUA e uma aparição no Ozzfest, no Japão, em novembro.

A última vez que a banda tocou ao vivo foi em 2012, e eles anunciaram a saída do antigo guitarrista Terry Balsamo em agosto desse ano. Sua posição foi ocupada pela guitarrista alemã, Jen Majura.

 

Comentários no Facebook
999 visualizações no total 2 visualizações hoje